Sejus visita obras da APAC de Cachoeiro de Itapemirim

As atividades da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) estão prestes a serem retomadas no município de Cachoeiro de Itapemirim. Nesta terça-feira (26), o secretário de Estado da Justiça, Luiz Carlos Cruz, esteve na unidade para avaliar o andamento dos trabalhos. Parte do local recebeu obras de reforma, faltando apenas alguns ajustes técnicos e administrativos para começar a funcionar. 

A previsão é de que a Secretaria assine o termo de parceria com a Associação no primeiro semestre deste ano. A partir daí uma nova etapa terá início para dar andamento aos trabalhos com os detentos que cumprem pena na Penitenciária Regional de Cachoeiro de Itapemirim (PRCI).

As obras realizadas pela Sejus incluíram a reforma das edificações, onde funcionarão o regime fechado, com 40 vagas, além do bloco administrativo, incluindo a instalação de telhado, instalação elétrica, hidrossanitária, serralheria e pintura.

"A visita foi fundamental para conhecer a ideia mais de perto e a filosofia de ressocialização. Essa também é a missão da Sejus e, em parceria com a APAC, com a ajuda da comunidade, podemos contribuir ainda mais com a transformação de pessoas privadas de liberdade para seu retorno à sociedade. Nossa parceria inclui o acompanhamento do Ministério Público, Poder Judiciário e a participação dos órgãos municipais e estaduais. Queremos que a APAC contribua com suas ações de ressocialização no município", ressalta o secretário de Justiça, Luiz Carlos Cruz.

Método APAC

O método é baseado em uma disciplina rígida, pautado pelo respeito, ordem, trabalho e envolvimento com a família do recuperando, tendo como base a valorização humana, vinculada à evangelização.  Nesse conceito, os próprios detentos são responsáveis pela sua recuperação e ajudam outros recuperandos nesse processo. 

O valor da contrapartida do Estado por reeducando é de R$ 1.252. Cabe à APAC aplicar a metodologia de ressocialização. A custódia do apenado, porém, permanece sob responsabilidade da Sejus. Para participar da APAC, é necessário que o detento seja voluntário, e que passe por um treinamento para conhecer o conceito e o método aplicado nas APAC's.

Na unidade, eles recebem assistência espiritual, médica, psicológica e jurídica. A APAC é filiada à Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (FBAC).


Informações à imprensa

Assessoria de Comunicação da Sejus
Sandra Dalton / Karla Secatto
(27) 3636-5732 / 99933-8195 / 98849-9664
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.">

Fonte: SEJUS

Parceiros

  • assmg.jpg
  • avsi.jpg
  • avsibrasil.jpg
  • FIAT.jpg
  • governoMA.jpg
  • governomg.jpg
  • melt.jpg
  • MinaspelaPaz.jpg
  • mpmg.jpg
  • Novos rumos.jpg
  • projetec.jpg
  • seapmg.jpg
  • senac.jpg
  • sociedadebiblicadobrasil.JPG
  • tioflavio.jpg
  • tjma.jpg
  • UE.jpg