Seminário de estudos sobre o método Apac em Matias Barboza - MG

Matias Barbosa deu mais um importante passo no sentido de tornar realidade a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) no município. Com a realização do I Seminário de Estudos sobre o método apaqueano, que objetivou difundir a metodologia e angariar voluntários, ocorreu uma intensa mobilização da sociedade matiense, que compareceu ao Salão do Júri no Fórum da Comarca de Matias Barbosa nos dias 20, 21 e 22.

Após Audiência Pública ocorrida em julho do ano passado, visita à APAC de Itaúna em agosto e posterior Assembléia na qual foi instituída a Associação, foi realizado o Seminário, seguindo as etapas necessárias à concretização da APAC. Na abertura do evento, na sexta-feira, dia 20, o Prefeito Luiz Carlos Marques garantiu que a Prefeitura Municipal não medirá esforços no sentido de viabilizar a criação da APAC no município, dada a relevância social do projeto. Outro engajado na causa e membro da APAC é o Juiz de Direito da Comarca, Dr. Alcino Waldir Leite, que considerou o momento de extrema importância, pois promove o resgate social dos presos, que atualmente não possuem uma condição digna para o cumprimento da pena em razão da falência do sistema prisional. “Em mais de 20 anos nesta Comarca, considero este o momento mais importante e a APAC veio justamente para suprir essa ausência do estado, que não oferece uma condição mínima para a recuperação desses condenados”, constata.
No sábado e no domingo, cerca de 40 participantes do evento puderam vivenciar a experiência trazida por alguns membros da APAC Itaúna e da FBAC - Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados, entre eles o testemunho de Wellington Silva, ex-recuperando e hoje educador social na entidade e secretário administrativo da FBAC. “Estamos em Matias Barbosa por um motivo muito nobre, que é atuar na recuperação dos presos. E para que a APAC possa dar certo é necessário o envolvimento de toda a sociedade. Para ser voluntário na APAC é preciso ter um comprometimento muito sério e responsável com a causa, pois vocês vão lidar com pessoas que cometeram um mal para a sociedade, mas nem por isso esta pessoa é irrecuperável, como diria Mário Ottoboni, idealizador do método e fundador da APAC. Enquanto que no sistema prisional comum, que não recupera ninguém, a reincidência no crime é de mais de 90%, no sistema apaqueano essa reincidência não chega a 10%”, compara. Durante o evento foram compartilhados momentos de oração - um dos pontos altos na recuperação do transgressor, que faz com que ele busque o arrependimento e procure mudar de vida - , apresentado um histórico da APAC, exibido um vídeo  relatando a situação degradante dos presídios brasileiros, uma afronta a Lei de Execução Penal, que prevê uma condição digna para o cumprimento da pena, mas que na prática não se efetiva.
Além disso foram elencados os tópicos necessários para trabalhar a ressocialização do recuperando, entre os quais destacamos a participação da comunidade e da família, o trabalho (na instituição o recuperando tem a oportunidade de exercer um ofício conforme suas aptidões), a assistência jurídica e à saúde, o Centro de Reintegração Social e a Jornada de Libertação com Cristo. Wellington lembrou da importância do voluntariado não fazer acepção de pessoas, pois a APAC não faz exclusão, mas sim inclusão. “O voluntário precisa ter disponibilidade, coração aberto, humildade, capacidade de reflexão e sensibilidade para mudar. É preciso se colocar no lugar do preso e vivenciar o verdadeiro amor cristão”, afirmou.

Comitiva de autoridades de Moçambique visita APAC Nova Lima

O Diretor Geral das Prisões da República de Moçambique, Dr. Eduardo Mussanhane liderou uma comitiva de autoridades daquele país em visita à APAC Nova Lima, na sexta-feira, dia 20/05/2011. Ele estava acompanhado do Dr. Luiz Cezerillo, assessor do Ministério da Justiça moçambicano e da Dra. Paula Muchine, jurista responsável pelas medidas e penas alternativas. Acompanharam a delegação o Dr. Saulo Rodrigues de Morais, Coordenador do Programa de Reintegração Social dos Egressos do Sistema Prisional e a jornalista Bruna Alves Mendes, ambos da Secretaria Estadual de Defesa Social. Eles foram recebidos pelo vice-presidente da APAC Nova Lima, César Santos e conheceram todas as instalações dos regimes fechado, semiaberto e aberto com explicações e apresentações dos recuperandos.

Para o Dr. Mussanhane, a aposta na recuperação social dos apenados é uma exigência da cidadania e cada um deve ser responsável pelo caminho a ser trilhado para a reintegração à comunidade, com o devido apoio legal e com a orientação necessária. Ele disse ter vislumbrado essa possibilidade na APAC e que vai levar a seu país a experiência vivida para incentivar ações semelhantes. Ele disse que viu em cada recuperando a vontade de mudar para melhor é que essa é uma grande lição.

Uma equipe da Rede Minas de Televisão acompanhou e registrou a visita, levando ao ar, ainda no dia 20 uma extensa reportagem sobre a APAC NOVA LIMA, com depoimentos de recuperandos dos três regimes.

APAC Feminina em BH: Video da Audiencia

 

 

O video pode ser visto clicando aqui.

 

Belo Horizonte pode ser a primeira capital brasileira a implantar uma Associação de Proteção e Assistência aos
Condenados (APAC), conforme avalia o vereador Daniel Nepomuceno (PSB), engajado na causa. A questão foi tema de
audiência pública ocorrida na terça-feira dia 31/05 na Câmara Municipal de Belo Horizonte. A reunião contou com
participação efetiva dos Sistemas Jurídico e Prisional, o Executivo Municipal se fez representar por meio de várias
secretarias, além de órgãos ligados à questão presidiária da capital e lideranças comunitárias.
Na oportunidade, o vereador Daniel Nepomuceno pediu agilidade no processo da implantação da APAC Feminina, já
que em outubro próximo é definido o orçamento da capital para 2012, além de ser um ano eleitoral, o que tem prazos
legais mais curtos para liberação de verbas e obras. Durante a audiência chegou a informação de que a Prefeitura estaria
sugerindo um imóvel no bairro Taquaril para implantação da unidade APAC Feminina.

A resposta imediata da PBH demonstra a sensibilidade do Executivo Municipal em relação à questão, o que muito nos alegra, já que a recuperação de detentas, com retorno harmônico junto à sociedade é possível e representa um ganho significativo para toda a cidade. Além disso, Belo Horizonte será a capital pioneira na implantação de APAC, realidade hoje presente apenas no interior mineiro e brasileiro.

Vale informar que atualmente existem de 52 a 56 mil presos em Minas Gerais, cerca de meio milhão no Brasil. Dados de pesquisas levantados pela entidade Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados relatam que 85% dos presos têm vontade de ter outra chance na vida, 10% são indiferentes e apenas 5% não querem se recuperar. “Esses dados nos estimulam e nos fazem acreditar que estamos no caminho certo ao defender a implantação dessas unidades, que representam a possibilidade das pessoas terem o direito de dar outro rumo às suas vidas”, destacou o vereador.

APAC Feminina. Criada juridicamente em 16 de março do ano passado, a APAC feminina de Belo Horizonte precisa fazer parcerias com o poder público para implantar seu centro de reintegração social e dar início aos trabalhos. A associação tem uma metodologia que almeja a valorização humana, sem perder de vista a finalidade punitiva da pena. A proposta é promover a humanização do sistema prisional, diminuindo a reincidência criminal e propiciando a proteção da sociedade. O Projeto Novos Rumos na Execução Penal, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), apóia a iniciativa.

Avanços na implantação da APAC em Ponte Nova

O presidente da Câmara Municipal de Ponte Nova, José Rubens Tavares (DEM) recebeu, em 24 de maio, integrantes da Comissão para Implantação de APAC – Associação de Proteção e Assistência aos Condenados – em Ponte Nova. 
Nayara Moreira Lizardo (presidente da Comissão), Priscila Evaristo dos Reis, Victor Trevisano e Guilherme Gomes Sabino convidaram José Rubens a integrar o Conselho Fiscal da entidade. De acordo com Priscila Reis, a participação do presidente do Legislativo Municipal no Conselho é parte obrigatória para a formalização da pessoa jurídica da Associação. “Já ultrapassamos outros passos para a criação da APAC como a realização de Audiência Pública (em 5 de novembro de 2009) e doação de recursos para fazer o registro”.
José Rubens aceitou prontamente o convite e colocou à Câmara Municipal a disposição para reuniões. “Acho muito importante a APAC, pois, dará aos presos a oportunidade de reinserção no mercado que está cada vez mais competitivo. Dias desses um empreiteiro me confidenciou que a falta de mão-de-obra em Ponte Nova o levou a buscar trabalhadores na cidade de Oratórios”.
Os assessores legislativos Edinei dos Santos e Afonso Mauro Pinho Ribeiro foram convidados e aceitaram participar na formação do Conselho Deliberativo.

APAC de Santa Bárbara realiza curso de qualificação

No dia 06/05/2011 teve inicio na Apac de Santa Bárbara um Curso de "Qualificação de Máquinas de Terraplenagem", ministrado pelos Instrutores José César Lopes e Fabrício Lopes, da Vale do Rio Doce em Parceria com a Empresa PROTEC Consultoria e Treinamentos.

 

O curso está sendo aplicado para os recuperandos dos três regimes, onde propõe treinamentos teóricos e práticos, inclusive com CERTIFICADOS, objetivando formar operadores de equipamentos de terraplenagem e mineração. Ex.: Pás carregadeiras, Motoniveladoras, Retroescavadeiras, Trator de esteiras, Escavadeiras, Caminhões basculante, Empilhadeiras e outros.

Sendo esse um mercado “aquecido”, com grande probabilidade de ocupação, devido às muitas ofertas de trabalho das grandes Empresas Mineradoras inseridas na região.

 

Os recuperandos se encontram motivados, sentindo-se valorizados, pelas perspectivas de um  futuro promissor.

Estamos muitos satisfeitos pela conquista dessa nova parceria e esperamos cada vez mais consolidar novos parceiros, a fim de contribuir para o sucesso do nosso trabalho, na recuperação e na reinserção do preso à sociedade com dignidade e confiança.

Delegação européia visita a APAC Nova Lima

 

Uma delegação da Fundação AVSI, entidade italiana voltada para a promoção humana e o desenvolvimento social, visitou a APAC Nova Lima, dia 17, acompanhada de representante da União Européia, como parte dos trabalhos e estudos de implantação do Projeto Além dos Muros, que foi oficialmente lançado no dia 18 de fevereiro, em Belo Horizonte.

Este projeto visa beneficiar as APACs e seus recuperandos com o fortalecimento da gestão, capacitação profissional e melhoramento das atividades produtivas nessas unidades, com apoio do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, FIEMG, por meio do Instituto Minas Pela Paz, FBAC e Secretaria de Defesa Social do Governo do Estado. O projeto tem, ainda, o apoio da Amagis – Associação dos Magistrados Mineiros –, Ministério Público e Fiat do Brasil.

Estiveram presentes na visita à APAC Nova Lima Daniele Nembrini, do Conselho de Administração da Fundação AVSI, Alberto Platti, secretário geral, Jácopo Sabatello, gerente de projetos, Giorgio Capitanio, diretor para o Brasil, Maria Teresa Gatti, diretora para a América Latina e Gianfranco Commodoro, diretor em Minas Gerais da instituição. A consultora do Instrumento Europeu para a Promoção da Democracia e Direitos Humanos (IEDDH), Rita Cauli, também integrou o grupo. O IEDDH faz parte da estrutura administrativa da União Européia, que financia o projeto que começa a ser executado agora.

Recebidos pelo juiz da comarca, Dr. Juarez Morais de Azevedo, pela promotora de Justiça, Dra. Elva Cantero e pelo presidente da APAC Nova Lima, jornalista Leno Dias, os visitantes percorreram todas as instalações dos regimes aberto, semiaberto e fechado e se emocionaram com o contato direto e franco com os recuperandos. Um café da manhã com produtos fabricados na padaria da APAC foi oferecido à comitiva.

2° Curso para Administradores de APACs promove integração das experiências.

A FBAC - Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados, a Fundação AVSI, o Projeto Novos Rumos do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, a Secretaria de Estado e defesa social (SEDS), o Instituto Minas Pela Paz (IMPP) e a APAC de Santa de Luzia realizou nos dias 02, 03 e 04 de Maio de 2011 o 2° Curso de Administradores de APACs na APAC de Santa Luzia.

2° Curso de Administradores de APACsO objetivo do Curso foi capacitar direção e funcionários dos setores Administrativos das APACs em funcionamento a identificar e desenvolver boas práticas de gestão.

O Curso contou com 121 inscritos de 32 APACs de quatro Estados.

As APACs participantes foram: Alfenas, Araxá, Arcos, Cachoeiro do Itapemirim-ES, Campo Belo, Caratinga, Frutal, Governador Valadares, Itaúna, Ituiutaba, Januária, Lagoa da Prata, Leopoldina, Macau-RN, Manhuaçu, Manhumirim, Nova Era, Nova Lima, Paracatu, Passos, Patrocínio, Pedreiras-MA, Perdões, Pirapora, Pouso Alegre, Santa Bárbara, Santa Luzia, Santa Maria do Suaçuí, São João del Rei, Sete Lagoas e Viçosa

O Curso teve inicio no dia 02/05 com a apresentação do Programa Novos Rumos pelo Desembargador Joaquim Alves de Andrade, Desembargadora Jane Ribeiro Silva e o Juiz Luiz Carlos Rezende e Santos (Coordenadores do Programa Novos Rumos).

Logo depois houve palestra com o tema ”Princípios Éticos na Administração das APACs.” Com  o Dr. Paulo Antônio de Carvalho (Juiz da Vara Criminal da Comarca de Itaúna e Presidente do Conselho Superior da FBAC) e Dr. Rodrigo Bragança Quiroz (Promotor de Justiça da Comarca de Itaúna)

Nesse dia ainda, o curso contou com a presença do Deputado Eros Biondini, que falou sobre seu apoio ao método APAC.

O Curso seguiu com 3 Oficinas, uma para cada área da administração, oferecidas aos participantes do evento na parte da tarde.

Ao final do dia, o diretor da AVSI em Minas Gerais , Sr. Gianfranco Commodaro e o Gerente de Projetos da Fundação AVSI, o Sr Jacopo Sabatiello apresentaram o “Projeto Além dos Muros”

Na Terça dia 03/05 O Professor Armindo dos Santos de Sousa Teodosio (Professor do programa de Pós-Graduação em Administração da PUC MINAS) deu uma palestra com o tema “Planejamento estratégico” e falou em como uma boa administração pode render frutos para as APACs.

À tarde, deu-se continuação às Oficinas e em seguida houve a Apresentação do Projeto Recuperando por Luiz Flávio Sapori (Diretor Executivo do IMPP) e Enéas Melo (Coordenador de Projetos do IMPP).

A Mesa Redonda sobre “Depêndencia Química – Um desafio às APACs” teve como assunto principal o alto índice de dependentes de drogas nas APACs e como solucionar esse problema. Marcelo Gomes Moutinho (FBAC)e Luiz Flávio Sapori (IMPP) comandaram o debate. As APACs relataram as experiências práticas ue estão fazendo no combate à dependência.

Na manhã do dia 04/05 (último dia do evento), os participantes puderam refletir, com a ajuda de Valdeci Antonio Ferreira, sobre o papel dos Administradores das APACs, que foram convocados a atuarem em suas funções em sintonia com o coração do Bom Pastor (Jo 10, 11-18).

Neste mesmo dia, houve a Reunião da FBAC com os Presidentes das APACs. Na ocasião, os presidentes discutiram dentre outras coisas o Estatuto Padrão das APACs e aprovaram diversas modificações. Sobre estas mudanças, acompanhe matéria na íntegra clicando aqui.

Ao fiinal, Vadeci (Diretor Executivo da FBAC), mostrou como o movimento APAC esta crescendo, com dados e fotos das diversas APACs que funcionam sem policia e as que estão em construção.

 

 

Grupo Encantadores de Histórias da APAC de Itaúna participam de evento na "Abraço"

O grupo Encantadores de Histórias da APAC de Itaúna, formado por recuperandos e ex-recuperandos, estiveram nesta última terça-feira dia 10, contando histórias de vida e testemunho na sede da Abraço em BH, que realiza o "Projeto Superação" com adolescentes com problemas ligados a uso abusivo de drogas e cumprimento de medidas sócio-educativas.
A tarde foi muito especial para os adolescentes e voluntários que estavam presentes, pois puderam ouvir e partilhar das histórias de vida e de superação dos recuperandos da APAC, que também tiveram uma trágica história de envolvimento com as drogas e o mundo do crime. Nos testemunhos e histórias reais, foram muito abertos e sinceros nesta questão do vício, deixando bem claro o caminho que as drogas conduzem, quando não é a morte, são anos atrás das grades, perdendo a melhor fase de suas vidas que é a juventude.
Com músicas e vídeos, as histórias envolveram a todos e deixaram um toque de reflexão sobre o que fazer da nossa liberdade e sobre a necessidade, não só das pessoas presas atrás das grades, mas também dos presos nos vícios, optarem não só por uma mudança de comportamento, mas principalmente de mentalidade.
Cada adolescente recebeu de presente um livro de autoria dos próprios recuperandos da APAC, chamado "O Segredo da Caixa", uma bela história que faz parte do repertório desse grupo de contadores que há mais de 07 anos percorrem diversas cidades de Minas e outros estados como Rio e São Paulo, divulgando o poder curativo das histórias e o trabalho nobre de recuperação de pessoas condenadas realizado pela APAC - Associação de Proteção e Assistência aos Condenados.
Hoje, o grupo é formado por 10 recuperandos dos regimes fechado e semiaberto, e é coordenado pelo ex-recuperando Wellington Silva e dirigido pela servidora do TJMG e voluntária da APAC de Itaúna, Rosana Mont'Alverne que é também contadora de histórias profissional desde 1995.

Apac de Alfenas promove cursos para os recuperandos

A associação se enraíza na cidade apresentando resultados positivos na recuperação e reinserção social de condenados

Os cursos e palestras na Apac de Alfenas ocorreram nos dias 28 e 29 de abril. O objetivo foi desenvolver e motivar os presos dentro da metodologia alternativa aplicada pela associação. Durante a abertura do evento, que contou com a presença do Dr. Vinicius Melo Mendonça MM. Juiz de Direito de Alfenas, foi celebrada uma homenagem ao pastor Mozar de Souza, Psicólogo Cognitivo, pelos seus anos dedicados à causa na cidade.
O método Apac, sem perder de vista a finalidade punitiva da pena, trabalha a recuperação do condenado e sua reinserção no convívio social. A ênfase da metodologia está na valorização do indivíduo, restaurando valores inerentes à sua personalidade humana, promovendo, assim, sua transformação e capacitando-o a conviver novamente, de forma harmoniosa e pacífica, em seu meio social.
Roberto Donizete de Carvalho, Diretor de Metodologia na FBAC (Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados), explica que a sociedade é a maior beneficiada com a reabilitação dos presos. Segundo Roberto, que cumpriu pena através da Apac, o estado gasta em torno de R$ 1.800 por mês com cada presidiário enquanto o sistema alternativo Apac reduz este gasto para R$500 por mês, oferecendo condições mais dignas aos detentos. “A Apac tem um aproveitamento de 91% na recuperação da população carcerária enquanto o sistema convencional do Estado resgata apenas15% dos condenados. É preciso trata-los aqui dentro para que os frutos sejam colhidos lá fora”, afirma Roberto Donizete que já cumpriu pena através da Apac e hoje é um dos muitos exemplos de reinserção social. 
O Gerente da Apac de Itaúna, Eduardo Padilha revela que a associação não muda ninguém, ela mostra o caminho. “Viemos auxiliar na educação dos presos quanto às normas e posturas que devem seguir para continuarem aqui, tentamos mostrar as vantagens que oferecemos diante às penitenciárias”. O recuerando Marcos Spel Pedrosa fala com orgulho quando expõe sua vivencia dentro da Apac: “Sinto que me encontrei, é maravilhoso descobrir os valores humanos! Aqui aprendi a me amar para amar o próximo” diz.
A APAC de Alfenas conta com pleno apoio do Ministério Público, Prefeitura Municipal, Polícia Civil e Militar, dos militares do Tiro de Guerra, Corpo de Bombeiros, Unifenas, comércio local além de diferentes vertentes religiosas que estão engajadas na causa como: Igreja Batista Ágape, Comunidade Espírita e Igreja Católica. 
Ana Luiza Pereira Vagner, presidenta da APAC de Alfenas, conta que o sistema de câmeras está sendo instalado, contudo a associação precisa de mais investimentos e doações para as adequações estruturais visando garantir a segurança, tanto dos detentos quanto da sociedade. “Somos muito gratos a todos que nos auxiliam e gostaríamos de convidar a sociedade para participar dos cursos para capacitação de voluntários que em breve serão anunciados.”.

Outras notícias

APAC de São João del-Rei promove batizado coletivo

01-11-2018

No sábado, 20 de outubro, a APAC de São João del-Rei realizou a cerimônia de...

Leia mais

Inauguração da “Brinquedoteca Semente do Amanhã”

16-10-2018

         Na sexta-feira e no domingo, 12 e 15, a APAC de...

Leia mais

FBAC realiza curso para Encarregados de Segurança

29-08-2018

Em Parceria com o Tribunal de Justiça de MG, o Programa Novos Rumos, a FBAC ...

Leia mais

Formatura do Curso de Mecância acontece na APAC de Januária

14-08-2018

A APAC de Januária realizou a cerimônia de formatura e a entrega dos certificados aos...

Leia mais

APAC de São João del-Rei participa de workshop no SESC São Paulo

04-07-2018

No último sábado, 30, uma equipe de funcionários e um recuperando da APAC Masculina de...

Leia mais

APAC de São João del-Rei encerra o VII Curso de Formação de Voluntários

20-06-2018

No último sábado, 16, a APAC de São João del-Rei realizou a cerimônia de encerramento...

Leia mais

Representantes da segurança e da justiça federal de Uberaba conhecem a APAC Frutal

04-06-2018

Representantes do Conselho Municipal de Segurança Pública e da justiça federal de Uberaba visitaram esta...

Leia mais

JUIZ JOÃO MATOS APRESENTA EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA SOBRE O MÉTODO APAC EM PARÓQUIA DE SANTANA

14-05-2018

“Do amor ninguém foge – a experiência da APAC no Brasil” foi o tema de...

Leia mais

Colaboradores e recuperandos fazem exames no Dia Nacional de Prevenção à Hipertensão

02-05-2018

No Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, colaboradores e recuperandos da Associação de...

Leia mais

FBAC realiza capacitação para funcionários na APAC de São João del Rei

25-04-2018

As APACs masculina e feminina de São João del Rei/MG receberam a capacitação para seus...

Leia mais

APAC de Pirapora realiza II Jornada de Libertação com Cristo

09-04-2018

A APAC de Pirapora/MG realizou, dos dias 5 a 8 de abril, a II Jornada...

Leia mais

APAC de Varginha realiza várias reuniões em 2018

03-04-2018

Membros da APAC de Varginha reunem-se mensalmente para avaliar e programar suas atividades. Normalmente as...

Leia mais

Homenagem a Dona Cleuza

28-03-2018

"Pelos frutos conhecereis a árvore." Mateus 7,16 Faleceu dia 27 de março Dona Cleuza, mãe do...

Leia mais

Seminário de Estudos e Conhecimento do Método APAC para Voluntários Visconde do Rio Branco…

22-03-2018

Nos dias 16 a 18 de março de 2018, a FBAC – Fraternidade Brasileira de...

Leia mais

APAC Frutal conta agora com fábrica de blocos de cimento

19-03-2018

Quem deseja conquistar o sonho da casa própria ou reformar um imóvel possui agora em...

Leia mais

APAC feminina deverá estar pronta em junho deste ano

20-02-2018

A Associação de Proteção e Assistência aos Condenados – APAC Frutal está correndo contra o...

Leia mais

Completam-se 37 anos do martírio de Franz de Castro

14-02-2018

Hoje completam-se 37 anos do martírio de Franz de Castro. Franz viveu e morreu por...

Leia mais

Cardeal do Rio de Janeiro visita APAC de Itaúna

09-02-2018

No dia 31 de janeiro a APAC de Itaúna recebeu a visita do Cardeal do...

Leia mais

Natal do Tio Flávio Cultural na APAC Santa Luzia

17-01-2018

No dia 19/12, como acontece todos os anos, os voluntários do Tio Flávio Cultural foram...

Leia mais

Recuperando da APAC de São João del-Rei vence o Festival da canção

06-11-2017

Aconteceu hoje, 27 de outrubro, na APAC SJDR a final do Festival da Canção. A...

Leia mais

Seminário do Método APAC será realizado em Pelotas/RS

06-11-2017

A cidade de Pelotas/RS receberá nos dias 17, 18 e 19 de novembro o Seminário...

Leia mais

Comitivas visitam APAC de SJDR

30-10-2017

Na última semana a APAC de São João del-Rei recebeu a visita de três comitivas,...

Leia mais

APAC de Pedreiras realiza curso para recuperandos

23-10-2017

Aconteceu no Centro de Reintegração Social de Pedreiras, nos dias 17 a 19 de outubro...

Leia mais

APAC juiz de fora se articula para inciar APACs masculina e feminina

03-10-2017

Boas notícias para Juiz de Fora e região da Zona da Mata! Avançam os entendimentos...

Leia mais

Tradicional “Dia da Pizza” da APAC Frutal mobiliza colaboradores, recuperandos e a sociedade

11-09-2017

Já há alguns anos a sociedade frutalense se acostumou a contribuir com um dos mais...

Leia mais

Diretora da APAC é homenageada pela Câmara de Frutal com Moção de Aplausos e Reconhecimento

05-09-2017

A diretora da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados - APAC Frutal, Paula Queiroz,...

Leia mais

APAC de Rio Piracicaba realiza semana da saúde

07-08-2017

A APAC de Rio Piracicaba realizou, de 1 a 6 de agosto, a semana da...

Leia mais

Colabore

31-07-2017

A FBAC - Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados - não mede esforços para atingir...

Leia mais

Programa Regresso nas APACs de Campo Belo e Governador Valadares

21-06-2017

Em uma iniciativa do Minas Pela Paz e Escola Móvel SESI/SENAI, iniciam hoje dois cursos...

Leia mais

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE FUNCIONÁRIOS 003/2017 APAC DE INHAPIM/MG

14-06-2017

A APAC de Inhapim/MG, unidade masculina, no uso de suas atribuições, com fim de contratar...

Leia mais

Parceiros

  • assmg.jpg
  • avsi.jpg
  • avsibrasil.jpg
  • FIAT.jpg
  • governoMA.jpg
  • governomg.jpg
  • melt.jpg
  • MinaspelaPaz.jpg
  • mpmg.jpg
  • Novos rumos.jpg
  • projetec.jpg
  • seapmg.jpg
  • senac.jpg
  • sociedadebiblicadobrasil.JPG
  • tioflavio.jpg
  • tjma.jpg
  • UE.jpg