APAC de Campo Belo doa máscaras para Vila Vicentina

Doação de 540 máscaras para a Vila Vicentina Furtado de Menezes

 

Pr. Walter, presidente da APAC, entrega máscaras para Vila Vicentina.

 

As máscaras foram confeccionadas pelos recuperandos da APAC de Campo Belo, em parceria com a AVSI Brasil e a FBAC, utilizando recursos da União Européia, com o apoio do TJMG, MPMG, Instituto Minas Pela Paz, Tribunal de Justiça do Maranhão, Sistema Penitenciário do Maranhão e Corregedoria Geral de Justiça do Maranhão.

Essa ação faz parte de um grande projeto que envolve 23 APACs de Minas Gerais e do Maranhão e que tem como objetivo produzir 350 mil máscaras para o enfrentamento do coronavírus, para serem doadas para Instituições e comunidades do entorno da APAC,

Assim, recuperandos e recuperandas mostram-se solidários com a sociedade, aprendem um ofício e usam melhor o seu tempo de confinamento, visando a ressocialização.

Com o tema "HUMANIZAR A PENA, PROMOVER A VIDA", essa campanha também tem como objetivo divulgar os benefícios do Método APAC e sensibilizar sobre as condições a que podem ser submetidas as pessoas no sistema prisional comum.

APAC Arcos distribui máscaras de proteção para instituições da cidade

Máscaras de Proteção estão sendo produzidas na Instituição pelos recuperandos do regime fechado

No dia 14 de Julho a APAC Arcos iniciou a distribuição das máscaras de proteção para o enfrentamento do coronavírus que estão sendo produzidas na Instituição pelos recuperandos do regime fechado.

De início estão sendo produzidas cerca de 20.000 unidades que serão destinadas a doação para a sociedade arcoense (Instituições Beneficentes, FUMUSA, PSF’s, Santa Casa, CRAS, CREAS, Hospital Municipal entre outras).

A entrega realizada hoje foi para o CREAS representado pelo Sr. Bruno César Campos o presidente da APAC Arcos Humberto de Lima Rocha fez a entrega acompanhado por um dos recuperandos que faz parte do Projeto.

Depoimento do recuperando: “Meu nome é Philipe Augusto Ferreira Leal, tenho 30 (trinta) anos, e cumpro minha pena de 14 anos e 10 meses na APAC de Arcos Minas Gerais.

Para mim, está sendo de grande valia participar deste projeto neste momento tão difícil que vive a humanidade. É muito importante poder ajudar a sociedade distribuindo máscaras para a proteção de todos, em especial para os que estão vinculados às instituições para as quais estamos fazendo as doações, instituições estas que tanto ajudam o nosso município.

Fico extremamente feliz em saber que hoje posso cooperar para a prevenção de cada colaborador e de cada voluntário dessas instituições.

Agradeço a Deus e a todos que estão envolvidos neste projeto, por me concederem essa oportunidade de ajudar. Me sinto bem em saber que, mesmo estando cumprindo uma pena, posso colaborar para que a Covid -19 não se propague.

Fonte: Arcos Notícias

APAC de Santa Maria combate à pandemia com dedicação e empenho

Desde que a pandemia começou, todos na APAC de Santa Maria (recuperandos, familiares, funcionários e voluntários) se sentiram compelidos a fazer algo para contribuir na luta contra a COVID-19. Desta forma, a família de um recuperando emprestou as máquinas de costura para a instituição e, com doações da prefeitura e da farmácia Santa Maria Eterna, a APAC iniciou a confecção de máscaras.

Além de utilizar as máscaras para funcionários e recuperandos, a APAC começou a doar para familiares e diversas instituições da cidade. A primeira doação foi para o hospital Santa Maria Eterna. “Estamos felizes em receber as doações. Que Deus abençoe todos vocês.” Disse Neirivam Honorato Braga, primeiro secretário do hospital.

Máscaras foram doadas para o Fórum da cidade e para o Asilo Cônego Lafaiete da Costa Coelho. No asilo, a coordenadora do Programa disse que estava muito feliz porque a APAC havia lembrado dos idosos, muitas vezes esquecidos e abandonados.

A APAC percebeu que poderia avançar mais. Desta forma intensificou a produção de máscaras e doou também para outros setores públicos da comunidade: Secretaria Municipal de Saúde, Polícia Militar, Polícia Civil e até mesmo para cidades vizinhas.

“O fornecimento de máscaras para os diversos setores públicos de nossa comunidade, e até mesmo de cidades vizinhas valorizam, sem sombra de dúvidas, a missão humanitária que é desenvolvida pela APAC, ocasionando pleno reconhecimento e apoio "palpável" em relação à mesma. Este ato tem proporcionado comentários altamente favoráveis à nossa APAC, até mesmo por parte de pessoas, antes céticas, que hoje acreditam, apoiam e aplaudem o nosso trabalho. Estamos gratos a Deus pela oportunidade de estarmos juntos de nossa comunidade neste momento de dificuldades! Somos todos recuperandos! Estamos juntos! Deus é a recompensa!” Disse Sr. João Bosco, presidente da APAC de Santa Maria do Suaçui.

No final de junho, a APAC recebeu insumos e máquinas novas: duas Overloques, uma Galoneira e uma Reta. Com isso a APAC almeja produzir vinte mil máscaras.

A ampliação da confecção de máscaras é fruto do Projeto “Humanizar a Pena”, celebrado entre a Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados, a Associação Voluntários para o Serviço Internacional (AVSI Brasil) e a União Europeia, a fim de proporcionar maquinário e insumos para que as APACs possam contribuir no combate à pandemia. O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) é parceiro da iniciativa, assim como o Ministério Público de Minas Gerais, o Instituto Minas pela Paz e o Tribunal de Justiça do Maranhão.

A missão da APAC consiste em Recuperar o Preso, Promover a Justiça Restaurativa, Proteger a Sociedade e Socorrer as Vítimas. Neste sentido os esforços da APAC de Santa Maria do Suaçui concorrem para realizar plenamente sua missão, visto que através da confecção das máscaras os recuperandos encontram uma oportunidade de tornar-se cidadãos úteis, contribuindo efetivamente para toda a sociedade.  

A FBAC parabeniza todos os recuperandos, familiares, funcionários e voluntários da APAC de Santa Maria do Suaçui por sua iniciativa, empenho e dedicação. Estamos juntos!

APAC de Porto Alegre inicia confecção de máscaras

A APAC de Porto Alegre/RS - Partenon, que tem como um de seus pilares a valorização humana, visando fomentar a qualificação profissional dos recuperandos, adquiriu máquinas de costura e matéria-prima para a fabricação de máscaras reutilizáveis de proteção ao enfrentamento do Coronavírus e a para confecção de lençóis para os alojamentos.

A aquisição foi realizada com recursos do Poder Judiciário, por meio da Vara de Execuções de Penas e Medidas Alternativas de Porto Alegre - VEPMA. O projeto se justifica de forma a utilizar a mão de obra prisional para prevenir os riscos de contaminação da COVID-19, oportunizando aos recuperandos ocupação produtiva, aprendizagem de novas habilidades manuais, fomentando a inclusão nas oficinas de produção voltadas ao bem coletivo da APAC e da sociedade de um modo geral, de forma a contribuir com a saúde pública e a higiene local. Esta nova atividade também evita a ociosidade enquanto durar a restrição das visitas dos familiares e dos voluntários da APAC, em razão da pandemia de coronavírus.

Nesta sexta-feira, dia 03 de Julho de 2020, recebemos as máquinas de costura e matéria-prima, dando início oficialmente a Oficina de Corte e Costura na APAC de Porto Alegre.

Neste sentido, agradecemos a sempre presente parceria do Poder Judiciário com a implementação do método APAC no Rio Grande do Sul, especialmente na nossa APAC Porto Alegre, na pessoa do Juiz Dr. Luciano André Losekann.

 

FBAC homenageia Des. Nelson Missias

No dia 25 de março, a Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (FBAC), homenageou o Des. Nelson Missias de Moraes, com a Comenda "Ordem do Mérito Penitenciário", outorgada pela FBAC, em reconhecimento pelos relevantes serviços prestados à causa da recuperação do preso e contribuição ao processo de expansão e consolidação do Método APAC.

"Esta foi uma justa homenagem, pois Des. Nelson Missias não tem medido esforços para contribuir na edificação das APACs no Estado de Minas Gerais. Nos últimos anos contribuiu decisivamente para a ampliação das APACs, destinando recursos de Penas Pecuniárias, seja para a construção de novos Centros de Reintegração Social, seja para reforma daqueles que já estão em funcionamento, ou para aquisição de maquinários para as Unidades Produtivas. Queremos expressar a Des. Nelson Missias nossa profunda gratidão e eterna amizade."

A Comenda foi entregue, durante a inauguração da extensão do CRS da APAC de Patos de Minas, por Valdeci Ferreira, Diretor Geral da FBAC e Dr. Luiz Carlos Rezende e Santos, Jjuiz auxiliar da Presidência do TJMG, Coordenador do Programa Novos Rumos e Presidente do Conselho de Administração da FBAC.  

Des. Nelson Missias disse que se sentia honrado em receber a Comenda. "Eu participo desta metodologia APAC há mais de 20 anos. Ela é importante porque podemos devolver para a sociedade, as pessoas que dela saíram, muito melhores, porque aprendem um trabalho, uma profissão. Retornam para seus familiares e recomeçam suas vidas. Nas APACs acolhemos os prisioneiros e lhes damos uma segunda chance para reconstruir suas vidas." Disse Des. Nelson Missias. 

Em agosto de 2019, Des. Nelson Missias anunciou a liberação de R$ 19.163.800,00, provenientes de penas pecuniárias, para investimentos na construção, ampliação e manutenção de APACs no Estado de MG. Estes recursos foram destinados às APACs com objetivo de adquirir maquinários para as unidades produtivas, bem como para proporcionar construção e ampliação dos Centros de Reintegração Social.

Segundo Valdeci, estes recursos estão permitindo um aprimoramento da aplicação da metodologia no regime semiaberto das APACs beneficiadas, visto que através do maquinário proveniente destes recursos, recuperandos estão sendo profissionalizados e preparados para o mercado de trabalho em várias áreas: panificação, confeitaria, marcenaria, carpintaria, confecção de blocos e afins. Além disso, este recurso permitiu um aumento de vagas nas APACs já existentes e a inauguração de novas unidades.

Em agosto de 2019, Des. Nelson Missias anunciou a liberção de R$ 19.163.800,00, provenientes de penas pecuniárias, para investimentos na construção, ampliação e manutenção de APACs no Estado de MG. Estes recursos foram destinados às APACs com objetivo de adquirir maquinários para as unidades produtivas, bem como para proporcionar construção e ampliação dos Centros de Reintegração Social.

Segundo Valdeci, estes recursos estão permitindo um aprimoramento da aplicação da metodologia no regime semiaberto das APACs beneficiadas, visto que através do maquinário proveniente destes recursos, recuperandos estão sendo profissionalizados e preparados para o mercado de trabalho em várias áreas: panificação, confeitaria, marcenaria, carpintaria, confecção de blocos e afins. Além disso, este recurso permitiu um aumento de vagas nas APACs já existentes e a inauguração de novas unidades.

Other news

An angel interceding for us

23-02-2016

Valdeci I remember kindly our dear Glory. His unconditional love and his passion for the...

Read more

Outpatient care implementation in APAC of Caratinga

12-01-2016

Dr. Igor de Oliveira, respected doctor in our city of Caratinga for his humanitarian attitudes...

Read more

FBAC realises on-line meeting with Presidents of APACs

01-09-2015

It was realised in the night of this Monday (31/08/2015) the first meeting online between...

Read more

Partners

  • assmg.jpg
  • avsi.jpg
  • avsibrasil.jpg
  • governoMA.jpg
  • isvor.jpg
  • logogoverno.png
  • melt.jpg
  • MinaspelaPaz.jpg
  • mpmg.jpg
  • Novos rumos.jpg
  • seapmg.jpg
  • senac.jpg
  • sociedadebiblicadobrasil.JPG
  • tioflavio.jpg
  • tjma.jpg
  • tjmg.png
  • UE.jpg